Possível bateria para novo MacBook Air descoberta em listas de certificação

MacBook Air certificação da bateria
Fonte: MacRumors

Uma nova bateria descoberta em listas de certificação pode indicar que a Apple estará para lançar um novo MacBook Air em breve.

A bateria em causa de 49.9Wh tem uma capacidade de 4380mAh e foi descoberta em documentos de certificação. Estes documentos pertencem a empresas que testam e aprovam novos componentes de hardware quer da Apple, quer de outras empresas.

Nesse sentido, uma vez que a bateria é idêntica à utilizada no modelo atual do MacBook Air, pode ser um bom indicativo de que a Apple está a planear um novo modelo do mesmo para breve. Apesar disso, o modelo descrito nos certificados é o A2389, diferente do modelo A1965 que a Apple tem utilizado nas últimas gerações do MacBook Air.

Apesar de não haver nenhuma data prevista para o lançamento de qualquer novo MacBook há, no entanto, diversos rumores de quando poderá acontecer. Segundo o analista Ming-Chi Kuo, a Apple deverá lançar um novo MacBook Air, com um processador Apple Silicon. Isto poderá acontecer entre o último trimestre deste ano e o primeiro de 2021. Além dele, também o DigiTimes acredita que o novo MacBook Air deve ser lançado ainda este ano com processadores baseados na arquitetura ARM.

Com efeito, além dos rumores de analistas e leakers, a própria Apple afirmou, durante a WWDC 2020, que os novos Apple Silicon irão estrear-se ainda este ano. Dessa forma, um novo MacBook Air ainda este ano torna-se uma grande possibilidade.

Apple Silicon abre novas possibilidades

Com a utilização dos próprios processadores, a Apple pode vir a bater os recordes das próprias baterias. De facto, os Apple Silicon são mais eficientes, conseguindo atingir níveis de desempenho elevados enquanto consomem pouca bateria. Dessa forma, vão permitir que, com a mesma capacidade de bateria, a duração desta seja significativamente superior à dos MacBooks atuais.

Atualmente, o MacBook Air com uma bateria de 49.9Wh consegue até 11 horas de navegação na internet e, até 11 horas de reprodução de filmes na aplicação da Apple TV. Valores estes que devem aumentar com a transição de Intel para Apple Silicon.


via MacRumors

3 Shares: