Imagens falsas do AirPower circulam na internet

imagens falsas do AirPower

Imagens falsas do AirPower têm circulado pela internet recentemente. Estas foram publicadas pelo conhecido leaker Jon Prosser mas têm sido bastante contestadas por diversos outros leakers no Twitter.

Prosser tem sido um dos leakers de informações com maior grau de acerto, sobretudo no que diz respeito a produtos da Apple. Acertou na data e hora exatos de lançamento do iPhone SE 2020, algo que lhe tem trazido alguma credibilidade extra. Já em relação ao AirPower, parece que as fontes não são assim tão credíveis.

A história do AirPower resumida

O AirPower, para quem não se lembra, é o projeto de carregador sem fios que a Apple introduziu em setembro de 2017 e que deveria ter sido lançado em 2018. O conceito apresentava um simples e prático “tapete” de carregamento sem fios, compatível com o standard Qi. O que destacava este conceito de outros produtos era a liberdade de o utilizador poder colocar o seu aparelho a carregar em qualquer posição, algo que não acontece com os carregadores wireless tradicionais.

O produto era promissor e tinha tudo para dar bem. No entanto, os engenheiros da Apple terão, alegadamente, enfrentado problemas de aquecimento durante os testes que levaram a que uma das unidades de teste pegasse fogo durante o carregamento. Dessa forma, em 2019, a Apple pediu desculpas aos consumidores e anunciou que o produto seria cancelado, por não cumprir os standards de qualidade da empresa.

Contudo, apesar do produto ter sido publicamente cancelado, acredita-se que a Apple continua a trabalhar nele internamente. Como resultado, Prosser já tinha partilhado no Twitter que a Apple estaria, de facto, a tentar que o produto visse a luz do dia.

Prosser com fontes duvidosas?

Jon Prosser partilhou recentemente duas novas fotos do protótipo do tão ansiado AirPower. Nelas via-se não só os AirPods, como também o Apple Watch a carregarem.

imagens falsas do AirPower
Imagem do AirPower partilhada por Jon Prosser

Então, qual é o problema das imagens que o Jon publicou?

De facto, conforme referimos acima, a grande funcionalidade do AirPower seria o utilizador poder carregar qualquer aparelho Apple (compatível com carregamento sem fios) em qualquer posição no “tapete”. Essa foi a principal questão levantada pelos utilizadores do Twitter e também por outros leakers que puseram em causa da veracidade das imagens. Nas duas imagens o Apple Watch aparecia a carregar sempre na mesma posição e, pior, na posição de carregamento semelhante à de outros produtos de outras marcas, que procuraram imitar o conceito do AirPower.

O AirPower não foi o único problema recente de Jon Prosser. Além dessa leak, Prosser afirmou que veríamos vários novos produtos na WWDC 2020, algo que não se verificou.

Dessa forma, entre o hardware prometido por Jon Prosser para a WWDC estava um novo MacBook Pro, possivelmente com tecnologia ARM, os tão aguardados Air Tags e, ainda, uns Headphones com a marca dos AirPods. Produtos que, como já se verificou, não se mostraram na WWDC.

Para além de hardware, Jon também mencionou, dias antes da WWDC, que o iOS iria mudar de nome e passar a chamar-se iPhoneOS. Facto que também não se comprovou realidade.

Por fim, estará o Jon a acreditar em todas as supostas leaks que chegam até ele? Terão os seus dias de sucesso chegado ao fim? Diz-nos a tua opinião nos comentários!


via MacMagazine

2 Shares: