Macs com “Apple Silicon”: apps nativas do iOS, sem suporte a Windows e mais

Macs com Apple Silicon não suportam Windows

A mudança de processadores Intel para processadores “Apple Silicon” com arquitetura ARM no Mac foi a novidades com maior destaque na WWDC 2020. E a verdade é que a expetativa é muita para ver o que um Mac com este processador consegue fazer. Durante a keynote pudemos dar uma espreitadela a isso mesmo, e o resultado parece ser muito positivo!

Assim, uma das funcionalidades mais impressionantes será o Rosetta 2, uma espécie de emulador capaz de correr num Mac com “Apple Silicon” aplicações desenhadas ainda para processadores Intel, e com uma performance inacreditável!

Por outro lado, também será possível abrir apps para iOS e iPadOS de forma nativa nestes Macs, desde que o programador assim o autorize. Isto abre todo um novo mundo de possibilidades, como por exemplo podermos ter o Instagram no nosso Mac.

Mac com processador Apple Silicon a correr apps iOS

“Apple Silicon” sem suporte a Windows

Porém, algo que deixaremos de puder fazer é ter o Windows em Macs com processador Apple. Num documento para programadores, a Apple diz que o Rosetta 2 não será capaz de traduzir apps de máquinas virtuais que lidem com plataformas de computador x86_64. Exemplo disso temos o Parallels – que uso pessoalmente – e VMWare, muito utilizados para correr Windows no Mac.

Com efeito, o mesmo se passa para o Boot Camp. Este utilitário que permite fazer dual boot no Mac para Windows não estará mais disponível em Macs com “Apple Silicon”.

Assim, é esperado que a transição dure no total 2 anos, período durante o qual a Apple irá não só lançar Macs com Intel, como manter suporte para estes equipamentos. Porém, Tim Cook anunciou na keynote que o primeiro Mac com processador “Apple Silicon” irá chegar “mais tarde este ano”.

Por fim estou muito curioso para ver qual será o computador da Apple que irá estrear esta plataforma – se excluirmos o Mac Mini do kit de programadores.

Developer Transition Kit (DTK)

De facto, rumores falam num MacBook de 13 polegadas e num iMac de 24 polegadas como primeiros Macs a virem equipados com esta arquitetura. Para mim, acho que faria mais sentido o regresso do MacBook de 12 polegadas, pois como já disse em tempos, sempre o vi como “Mac de testes” da Apple.


Via Apple Insider 1, Apple Insidere 2, 9to5Mac

4 Shares: