Apple doa máscaras para combate ao COVID-19

Coronavírus Apple

O COVID-19 é o tema da ordem do dia não só na Apple mas em todo o mundo. Todas as ajudas são poucas, dada a emergência social que se vive. Com isto em mente, Tim Cook confirmou esta semana que a Apple adquiriu 20 milhões de máscaras para dar aos profissionais de Saúde, com vista o combate ao COVID-19. 

Os Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) são escassos neste momento, e as empresas têm feito doações por esse motivo. No caso da Apple, a informação foi comunicada no Twitter por Tim Cook, CEO da empresa.

No vídeo, Tim clarificou que o próximo passo será a produção e distribuição de protetores faciais para os profissionais de Saúde. O fornecimento e produção dos diversos materiais provêm da China e dos EUA.

Com efeito, o esforço notável da empresa da maçã engloba a colaboração com os governos, de modo a garantir que os seus apoios chegam aos locais onde existe uma maior necessidade. Como tal, o “Kaiser Hospital” foi o primeiro local a receber ajuda e, segundo Cook, o feedback não poderia ter sido mais positivo. No mesmo vídeo, Tim expressa ainda o desejo da Apple em ajudar além das fronteiras dos EUA no combate ao COVID-19. Por fim, termina o seu discurso apelando aos bons comportamentos individuais que permitam evitar a propagação do vírus.

Aliás, o novo Coronavírus tem afetado as operações da Apple de diversas formas, quer pelo fecho de algumas lojas, quer em atrasos nas produções de novos equipamentos, como foi noticiado aqui. Deste modo, a Maçã doou cerca de 7 milhões de dólares para a China, por forma a ajudar o país a se recuperar do impacto do COVID-19.


Via iDB

3 Shares: