Apple regista patente de sistema Touch ID no ecrã

O iPhone X representou uma viragem no mundo Apple com a introdução do Face ID, deixando para trás os leitores de impressão digital. Contudo, o fim do Touch ID pode não estar assim tão próximo! No passado dia 17 a Apple viu aprovado o pedido de patente para um sensor idêntico ao Touch ID por baixo do ecrã.

Persistem os rumores que deixam antever a prevalência deste sistema de autenticação nos smartphones da gigante de Cupertino. Por um lado, o lançamento de um iPhone mais acessível obriga a marca da Maçã a manter o Touch ID pelo seu custo de produção inferior. Por outro lado, num iPhone de futuro não está excluída a possibilidade de co-existirem os dois sistemas biométricos.

Neste sentido, a patente submetida pela Apple para aprovação, no dia 28 de março de 2019 à U.S. Patent and Trademark Office, pode traduzir-se numa confirmação da mudança de paradigma. Esta nova tecnologia, em detrimento do tradicional sistema capacitivo do Touch ID, baseia-se numa leitura ótica da impressão digital. Como descrito:

Este sensor alojado por baixo de um ecrã (…) pode executar a função de autenticação do utilizador, baseando-se na imagem biométrica obtida da impressão digital do utilizador.

Os rumores e os concepts de iPhones com sensores biométricos por baixo do ecrã não são novidade, nem mesmo para o Face ID – como já te mostramos. E, se por um lado, haverá quem seja já um fã incondicional do reconhecimento facial, tendo já esquecido o Touch ID. Haverá, certamente, quem sinta a falta do sistema tradicional de leitura de impressão digital que, em determinados momentos, pode até ser de mais fácil autenticação. Uma coisa é certa, os dois sistemas têm as suas vantagens e desvantagens.

Quando lançará a Apple dispositivos com a nova tecnologia de leitura ótica?

Segundo a página Patently Apple, este novo sistema de leitura ótica, já está disponível num dispositivo vendido atualmente pela Apple: o MacBook Pro 16’’. Porém, neste dispositivo, o leitor foi incluído numa tecla física, e não embutido num ecrã. O Macbook Pro de 13’’ e o antigo Macbook Pro 15’’, por sua vez, ambos recorriam ao sistema Touch ID capacitivo.

2 Shares: