CleanMyMac X um bom aliado na gestão e limpeza do Mac

O software CleanMyMac X cumpre o que promete e torna-se num bom aliado do macOS no dia a dia.

Quando fui desafiado a testar o CleanMyMac X, honestamente a minha primeira reação foi de alguma desconfiança. Na verdade, no meu MacBook Air 2018 nunca tinha testado nada do género. 

Contudo, tinha alguma experiência de softwares que se propunham a objetivos semelhantes em ambiente Windows, e verdade seja dita, nunca os achei muito eficientes. Provavelmente o defeito nem estaria no software, quem já trabalhou com Windows sabe do que estou a falar.

Assim, foi com alguma surpresa que me deparei primeiramente com eficácia e rapidez nas ações.

O CleanMyMac X é um software de fácil compreensão, em português e as sua funções são executadas com bastante fluidez. 

Uma Visita Guiada pelo menu lateral do CleanMyMac X

A Análise Inteligente é uma das bases principais do CleanMyMac X. Com efeito, numa primeira análise, bastante rápida, detetou-me a possibilidade de ganhar 4GB de espaço no disco e libertar quase outro tanto de memória RAM, claro que esta é mais frequentemente sujeita a variações.

Outro separador basilar é o da Limpeza, com uma permissão de acesso total ao disco o software propõe-se a fazer uma limpeza mais profunda ao Sistema, Anexos do Mail e Lixos. Tenham cuidado com o que aqui vão limpar, façam um backup dos vossos documentos etc., não corram o risco de apagar alguma coisa que afinal não era suposto.

No âmbito da Proteção, o CleanMyMac X tem monitor de Malware em tempo real, porém podes efetuar análises ao teu sistema sempre que queiras. Neste ponto nunca tive nenhum problema deste género no Mac, logo não posso atestar a cem por cento a sua eficácia.

Ainda dentro do separador Proteção encontramos um auxiliar de Privacidade, que procura essencialmente limpar histórico de navegação, dados de formulários e outros rastos que habitualmente os navegadores vão deixando. A limpeza de histórico de softwares de mensagens também é aqui uma opção.

Passamos assim para o item Velocidade, que no CleanMyMac se divide em Otimização e Manutenção. Na Otimização podes decidir basicamente que programas queres que estejam ativados automaticamente ao iniciar o teu Mac, incluindo o próprio CleanMyMac X. Na Manutenção podes mais detalhadamente ver onde podes otimizar a tua RAM.

No setor do Aplicativos o CleanMyMac X utilmente concentra um rápido desinstalador de apps, com um atualizador, gerando alertas com opção de atualização das aplicações. Resta ainda um gestor de Extensões que não pude testar por não usar nenhuma.

Por fim, nesta barra lateral encontramos a secção Arquivos, subdividida em Lupa de Espaço, Fundo do Baú e Triturador. A Lupa de Espaço permite comparar visualmente o tamanho de pastas e arquivos. O Fundo do Baú, achei bastante útil, encontrei bem lá no fundo ficheiros e pastas que já não abria há meses e alguns até já nem eram necessários, por isso tratei da sua limpeza. Não esquecendo o Triturador, é com o próprio nome indica uma destruidora de documentos ou pastas, uma vez usado, esses dados jamais serão recuperados por qualquer via.

Tempo ainda para fazer menção ao atalho na barra superior do macOS. Se clicarmos no ícone do CleanMyMac X temos acesso rápido a uma pequena janela com a monitorização que o software faz ao segundo do nosso Mac. Esta janela está dividida em oito mostradores que para além da informação apresentada permitem executar operações rápidas.

Conclusão

Em título referi que o CleanMyMac X era um aliado do utilizador e é isso mesmo que sinto depois de alguns dias a usar o meu MacBook Air munido desta ferramenta. Concentra uma série de funções úteis num só espaço e fez-me ter atenção para certos pormenores que até agora não reparava, mais ao nível do espaço do disco e da RAM. É certo que ainda não me queixava de falta de velocidade no meu Mac, mas acredito firmemente que agora ele está mais otimizado.

Podes testar alguns recursos na versão grátis e caso aches útil podes comprar a versão completa com uma subscrição anual. 

17 Shares: