Primeiros exemplos do Deep Fusion em fotos dos utilizadores

A versão beta do iOS 13.2 chegou aos testers, e poucas horas depois começaram a surgir as primeiras fotos comparativas, com e sem Deep Fusion, nas redes sociais.

Um dos primeiros a publicar os seus testes foi o YouTuber e fotógrafo Tyler Stalman. No seu post no Twitter, que podemos ver abaixo, Tyler comparou as fotos do iPhone XR com as do iPhone 11. A diferença é neste caso bastante notória quando observado o pormenor.

As fotos do iPhone 11 com Deep Fusion, são mais nítidas e muito mais ricas, com possibilidade de se observarem mais pormenorizadamente as texturas.

Noutro exemplo o mesmo YouTuber, comparou a qualidade da fotografia do iPhone XR com o iPhone 11 ambas em formato Smart HDR – 400% zoom, consequentemente, os dois exemplos sem Deep Fusion. Aqui, podemos ver por si só uma evolução muito grande na qualidade entre ambos os equipamentos. Conforme podes comprovar abaixo.

Contudo, convém salientar que as fotos com Deep Fusion originam ficheiros HEIC maiores, neste teste o iPhone XR e o iPhone 11 na mesma situação geraram ficheiros de 1.4MB e 2.6MB, respetivamente. Portanto, se és fã da fotografia prepara-te, os 64GB podem tornar-se curtos.

Outros utilizadores também postaram os seus testes do Deep Fusion

E aqui a comparação já é diferente e mais justa. As fotos comparativas foram ambas obtidas com  iPhone 11. A diferença é que um dos dispositivos está com o iOS 13.1.2, já o outro está atualizado com a versão beta 13.2. No exemplo a seguir, postado pelo leaker Ben Geskin, podemos ver que a diferença não é tão significativa como nos exemplos de Tyler Stalman. Ainda assim, o autor da publicação aponta um pouco mais de nitidez com o iOS 13.2.

Com efeito, mais exemplos semelhantes foram surgindo, porém espera-se que até à versão final para o público hajam ainda mais melhorias. 

Queres saber mais sobre o Deep Fusion podes ler aqui.

2 Shares:

Deixa um comentário!