Apple atrasa regras para limitar rastreio em apps infantis

crianças

No passado mês de junho a Apple anunciou novas regras que iriam limitar o rastreio de dados em apps infantis.

Mas ainda antes de anunciar formalmente as novas regras, no início do ano a Apple já começou a limitar o rastreio de publicidade em apps de terceiros destinadas às crianças. O objetivo de tal decisão é proteger melhor a sua privacidade. Até chegamos a noticiar aqui, que dados dos utilizadores eram expostos em jogos muito populares da App Store. Por exemplo, a franquia Angry Birds, muito popular nas crianças.

Com efeito a Apple tinha como objetivo implementar estas regras já em setembro. No entanto parece que os desenvolvedores de apps infantis reclamaram bastante com as novas diretrizes da App Store.

Por isso a empresa de Cupertino decidiu dar mais algum tempo para os desenvolvedores se ajustarem às novas regras. Esta decisão vem depois de um inquérito feito pelo The Washington Post a desenvolvedores de apps infantis. Segundo o inquérito, estão descontentes com as mudanças, e as implicações que isso terá para o funcionamento das apps gratuitas para crianças. 

Podem consultar esse inquérito (reservado a subscritores) que foi publicado pelo The Washington Post, em forma de relatório.

Segundo avança o TWP, o facto da Apple atrasar as mudanças nas regras, não significa que estão a recuar na decisão.

“Não estamos a recuar nesta questão importante, mas estamos a trabalhar para ajudar os desenvolvedores a chegar lá.”

Palavras de Fred Sainz, porta-voz da Apple, via email.

Queixas dos desenvolvedores de apps infantis

O desenvolvedor responsável pela app Tankee, Gerald Youngblood, disse ao The Washington Post que as novas regras da Apple podem limitar a capacidade da empresa em exibir publicidade. Dessa forma isso poderá ter efeito na sua decisão de continuar com a App gratuita.

Além de Gerald, outros desenvolvedores, como Dylan Collins, executivo da empresa SuperAwesome, que ajuda os desenvolvedores a lidar com as leis de privacidade infantil, disse o seguinte ao The Washington Post:

“Isso simplesmente matará a categoria de apps infantis.”

De uma forma geral todos os desenvolvedores, discordam com estas novas regras implementadas pela gigante norte-americana.

Contudo, num ponto eles estão de acordo. As novas regras não impedem os próprios desenvolvedores de recolher dados ou exibir anúncios, mas simplesmente limitam as opções de terceiros. Ainda afirmam que as novas restrições da Apple, simplesmente vão incentivá-los a começar a desenvolver apps, que tecnicamente são para adultos. Ainda que na prática os utilizadores finais acabem por ser crianças.

Com efeito, os desenvolvedores querem que a Apple determine que todos as apps infantis usem publicidade. Mas que para tal, sejam analisadas e examinadas com segurança.

Phil Schiller, vice-presidente de marketing da Apple, disse ao The Washington Post que a princípio, a Apple tentou entrar em contacto com desenvolvedores. O objetivo era que os operadores de publicidade retirassem anúncios inapropriados. No entanto, essa abordagem acabou por fracassar.

Em conclusão, no meio desta confusão toda, não é certo quando, e como é que a Apple implementará, estas regras. Também não se sabe, se porventura serão feitas alterações antes da implementação das mesmas.

E vocês, acham que estas novas regras da Apple fazem sentido?

3 Shares: