Redução no preço do HomePod não faz subir as vendas

Homepod

O speaker inteligente da Apple, o HomePod, já teve uma redução de preço nos EUA, e em outros países onde se encontra à venda.

Essa redução de preço aconteceu no passado mês de abril. No entanto, mesmo assim, parece que as vendas não evoluem. Em particular no mercado americano.

Segundo um relatório divulgado pela empresa de consultoria Consumer Intelligence Research Partners, a quota de mercado do speaker inteligente da empresa de Cupertino, não aumentou.

Esse relatório analisou as vendas de todos os speakers inteligentes, vendidos especificamente no mercado dos EUA. Essa análise das vendas foi feita durante o segundo trimestre deste ano.

A tabela abaixo, mostra a quantidade de unidades vendidas (em milhões), dos três modelos de speakers inteligentes, mais populares no mercado americano.

CIRP

Os dados mostram que até junho de 2019, foram vendidos cerca de 76 milhões de dispositivos, só nos EUA. Na prática, isso representou um crescimento de 6 milhões de dispositivos vendidos, somente no último trimestre.

Contudo quem é líder deste mercado e com bastante folga, é o dispositivo Amazon Echo, que detém 70% de quota. Também os vários modelos do Google Home têm alguma visibilidade nesta tabela. Conseguiram 25% de quota, ficando em segundo lugar. Por sua vez, o HomePod da Apple apenas conseguiu 5%, nesta base de utilizadores de speakers inteligentes.

No entanto, e segundo Josh Lowitz, sócio e co-fundador da CIRP, a batalha pelo mercado dos speakers inteligentes de baixo custo, no segundo trimestre deste ano é que impulsionou as vendas. Ele comentou o seguinte:

Preços agressivos e contínuos dos modelos de entrada parece continuar a encorajar os novos clientes a experimentar um speaker inteligente, e os proprietários existentes a considerar a possibilidade de adicionar mais dispositivos à sua casa.

HomePod com a vida complicada

Com efeito, o HomePod, acaba por ficar de fora quando se trata de vendas neste segmento, que vai até aos 100 dólares. Por sua vez, o preço do speaker inteligente da Apple, anda na casa dos 300 dólares. A consequência, é ele ficar de fora deste segmento de entrada. O que logicamente contribui para resultados menos positivos, como mostra a tabela acima.

Em conclusão, os dados da CIRP, também mostram que mais de 50% dos proprietários do Amazon Echo e do Google Home têm o modelo mais barato.

8 Shares: