Podes saber o que dizem de ti com um Apple iPhone e uns AirPods

Apple AirPods

A Apple é das empresas que mais parece preservar a privacidade dos seus utilizadores. No entanto, até que ponto é que, por vezes, não surge uma determinada funcionalidade ou novidade que colocará isso em causa?

É o que acontece, nomeadamente, com a função Áudio em direto (Audição) e com os AirPods da Apple. Provavelmente, algo que já sabias ou, caso contrário, algo que ficarás a saber e que, das duas uma, ou te deixará com uma ligeira preocupação ou nenhuma diferença fará.

Apple é sinónimo de privacidade

A verdade é que um utilizador de um Apple iPhone e seus AirPods pode, a qualquer momento, escutar aquilo que se está a passar num determinado local, mesmo que não esteja aí presente. Isto claro, desde que um dispositivo esteja ao alcance do outro.

Ou seja, ativando a funcionalidade do Áudio em direto, através da Central de Controlo nas Definições, tudo se torna um pouco esquisito. Com os AirPods nas orelhas, ativado o Áudio em direto, poderás deixar o iPhone numa sala, sair e, mesmo assim, continuarás a ouvir o que lá se passa.

Ou seja, o barulho, ruído ou som escutado num determinado local, captado pelo smartphone da Apple, será transmitido nos earphones. Portanto, até que ponto é que não é essa uma quebra enorme na privacidade daqueles que se encontram na dita sala?

Sabias que poderias ouvir o que acontece na sala do lado com os Apple AirPods?

É difícil de dizer. Afinal, a empresa liderada por Tim Cook não visava uma situação dessas, em momento algum, ao colocar o Áudio em direto no mercado. Muito pelo contrário.

Seja como for, no final, pode dizer-se que, em certa medida, é possível comprometer a privacidade de determinada(s) pessoa(s) com base neste recurso. E, com efeito, surge outra questão: será que a Apple deveria intervir?

Teoricamente sim, principalmente tendo em consideração o quão este é um dos pilares da empresa atualmente. Porém, uma vez mais, aqui não há uma questão entre Apple e um dado utilizador, mas entre esse utilizador e pessoas que o rodeiam. Logo, é um caso distinto, que dependerá única e exclusivamente de pessoa para pessoa.

8 Shares: