5 novidades fantásticas que se destacaram no watchOS 6

A Apple deu a conhecer todas as novidades que estarão disponíveis no próximo sistema operativo watchOS 6 do Apple Watch na WWDC 2019.

Este artigo serve para vos indicar as funcionalidades que na minha opinião se destacaram mais.

Compatibilidade com quase toda a lista de Apple Watches

O novo watchOS 6 será compatível com uma extensa lista de modelos de Apple Watch. Existe uma cobertura quase total de todos os relógios inteligentes da marca da Maçã, com excepção do modelo Original (a.k.a Series 0). 

Novos mostradores

Existe uma expressão popular que pode ser usada relativamente aos mostradores do Apple Watch: “Quantos mais, melhor”. Percebendo isso, a Apple irá disponibilizar com a atualização mais mostradores para os seus clientes. 

Alguns deles serão até interativos, permitindo por exemplo carregar no ecrã com um dedo ou dois para que o relógio nos diga as horas em alta voz, algo que apenas era possível com o mostrador do Mickey Mouse ou da Minnie. 

Também estarão disponíveis novas “Complicações”, que para quem não sabe, são aquelas informações que podemos colocar no mostrador do Apple Watch para um acesso mais rápido, com funções muito interessantes. Como por exemplo, termos a possibilidade de medir o valor de decibéis do barulho que existe à nossa volta. Imaginem que estão a aspirar a casa ao som de Metallica enquanto abanam freneticamente a vossa farta cabeleira… se a música estiver tão alta ao ponto de deixar de ser saudável para os vossos tímpanos, o relógio irá informar-vos disso mesmo. 

Novas apps 

O watchOS 6 terá também novas aplicações, entre as quais estará uma calculadora. Algo bastante útil e que inclusivamente eu já usava, mas agora já não terei de ter uma aplicação de um terceiro, visto que irá passar a existir de forma nativa no sistema. Para além da calculadora, virão também os Audiobooks e um gravador de voz. 

A App Store chegou ao Apple Watch!

Falando em aplicações, já não irá existir mais a necessidade de fazer o download das mesmas no iPhone e posteriormente sincronizar com o Apple Watch, visto que o watchOS 6 virá também com uma App Store nativa no próprio relógio, de onde poderemos fazer os downloads das apps diretamente. 

Claro que com esta evolução, dá a sensação que o Apple Watch caminha a largos passos para a independência relativamente ao “seu irmão mais velho”, o iPhone. Será que em breve poderemos usar o Apple Watch sem precisar de ter um iPhone? Essa é a pergunta que provavelmente todos queriam ver respondida, mas infelizmente ainda não foi desta que ficamos a saber. Agora que para lá caminha… Parece!

As senhoras vão gostar disto!

Uma novidade excelente e que já era pedida há muito tempo pelas senhoras, é o facto de que será possível registar e controlar o ciclo menstrual no relógio. A Apple tem demonstrado uma preocupação crescente com a saúde dos seus utilizadores e este é sem dúvida mais um excelente progresso nesse sentido.

Quando será lançado o watchOS 6?

O watchOS 6 encontra-se de momento na sua fase Beta até meados de setembro, altura em que como habitual, será lançada a sua versão final para todos os utilizadores dos relógios compatíveis.

26 Shares: