Novo Mac Pro de topo pode custar mais de 40 000€

A Apple apresentou na última WWDC várias novidades, uma delas foi o super poderoso novo Mac Pro. Na magnífica apresentação a gigante de Cupertino indicou o preço base desta besta da computação, a módica quantia de 5999$ (5289€ numa conversão direta que bem sabemos nunca é feita de forma tão fácil e linear).

Vamos por partes, dissecando cada pormenor, importante a reter, em termos de upgrade de hardware. Irei demonstrar com valores em dólares americanos, visto não termos nenhuma indicação ou referência de preço tanto para euros ou reais. Baseamo-nos com a ajuda de uma análise feita pelo site The Verge.

Base Mac Pro: 5999$

Memória: 17 867,88$

12 Memórias DDR4 ECC com 128 GB cada, totalizando um máximo de 1,5TB!!! Número impressionante! O máximo de slots desta besta são 12, então se multiplicarmos uma memória de 128GB a custar cerca de 1 388,99$ totaliza o preço que indiquei em cima.

Espaço em disco: 2 400$

A Apple cobra 2 400$ para se fazer o upgrade do atual iMac Pro para o máximo de 4TB de espaço em disco. São dois discos SSD de 2TB de capacidade, cada um. Não é certo que possa ser este valor, mas por agora serve como elemento comparativo.

Processador: 7 453$ (aproximado)

Para o processador usamos como referência um dos melhores e mais potentes, falamos do Intel Xeon W de 28 cores a 2.5GHz, com possibilidade de turbo boost até 4.4 GHz. Cache de 66.5MB. Mais uma vez ainda não há certezas de todas as especificidades do processador que a Apple vai colocar nos Mac Pro, mas tendo em conta a lista de produtos da Intel, o Xeon W-3275M, que custa os tais 7 453$, parece-nos um bom ponto de comparação.

Gráfica: 12 000$ (mínimo)

Neste quesito, sabemos que a AMD anunciou as suas Radeon Pro Vega II juntamente com o Mac Pro, o que não nos ajuda muito, pois não há, mais uma vez, uma forma direta de comparação. Sabemos que virão 4 GPU’s, 2 delas serão Vegas, e os outras 2 serão módulos MDX da Apple. As Vega II em termos de poder de processamento são muito idênticas às Quadro RTX 600 da Nvidia, que custam 6 300$. Ora só por aqui, se arredondarmos para os 6 000$ x 2, ficamos com 12 000$. Mas estamos a falar da Apple, e no que diz respeito a upgrades, carregam sempre no preço, daí falarmos em 12 000$ para começar, pois ainda nem contabilizamos as outras 2 GPU’s da Apple. Acreditamos que dificilmente serão menos de 12 000$ para fazer o upgrade neste campo.

Display: 4999$

A Apple anunciou juntamente com o Mac Pro um ecrã ideal 6K para o acompanhar, o Pro Display XDR. Preço fixo de 4999$. E podemos usar até 6 monitores ao mesmo tempo.

Suporte: 999$

Este é daqueles preços Apple, o Suporte para o monitor tem um custo de 999$ e é vendido em separado. Sem comentários…

Teclado e rato: 228$

Por falar em preços Apple, mais uma ficha mais uma volta, mas desta vez a minha crítica vai para a venda em separado (nos iMac’s não, mas na linha Mac Pro vende em separado). Os dois juntos custam 228$. Não vejo a Apple a mudar a sua política e oferecer juntamente com o Mac Pro, mas vamos ver. Para um equipamento tão caro ficava bem estar incluído pelo menos o rato e o teclado.

Totalizando estes preços todos estamos perante um total de 51 945$ que numa conversão direta dá cerca de 45 800€!!!

Depois de fazer a soma e a análise a tudo isto podemos constatar, e não era difícil, que este upgrade será algo que apenas grandes estúdios criativos irão pedir ou pagar. Não vejo um utilizador comum a precisar de tanto poder computacional para o dia-a-dia, muito menos será um produto acessível às carteiras do público em geral.

11 Shares: