Apple estará a pagar artistas do “Today at Apple” com produtos, artistas reclamam do cachet

É bem verdade que entrar numa loja da Apple já é, por si só, uma experiência única. Eu, particularmente, só tive a oportunidade de entrar em uma no ano passado nos EUA, e atesto: não queria ter saído de lá!

Infelizmente não tive tempo para aproveitar cada canto da loja mas se o tivesse, com toda certeza teria dedicado horas a analisar ponto por ponto desta.

Uma das atrações que perdi foi as sessões do Today at Apple, organizadas pela própria equipa criativa da Maçã, com eventos exclusivos e apresentações de talentos locais. É, sem dúvida, uma óptima oportunidade de aprender mais sobre o iOS ou macOS, por exemplo; ou sobre fotografia no iPhone; ou até mesmo assistir a um show de um banda da região.

Isto, claro, trata-se da visão do espectador. O outro lado da moeda, com base num relatório do site KQED, revelou que nem tudo são flores para os artistas que se apresentam no Today at Apple.

O relatório mostra a insatisfação dos artistas com a remuneração paga pela empresa. Ao invés de um pagamento fixo (em dinheiro), a Gigante de Cupertino estaria a oferecer produtos como AirPods, Apple Watch ou Apple TV como compensação pelos esforços dos artistas.

Com efeito, a pesquisa é com relação às lojas da Califórnia, em específico, podendo ou não estarem ocorrendo em outras localidades.

Apple Store Union Square, na California

Outra questão levantada pelo KQED seria com relação à promoção pessoal do artista nos eventos. Segundo eles, a Apple só oferece equipa fotográfica para o artista que possui grande número de seguidores nas redes sociais, documentando somente os eventos de maior porte.

A programação de eventos da Maçã prospera num clima onde os artistas são pressionados a trabalhar pela exposição, dificultando a negociação de um pagamento justo. De acordo com o site, enquanto alguns entrevistados criticavam diretamente o facto de serem pagos em mercadoria, em vez de dinheiro, outros hesitavam em entrar em confrontar a Apple por medo de prejudicar seu relacionamento com a empresa.

Em contrapartida, especialistas afirmam que um acordo de trabalho com uma corporação tão grande e lucrativa quanto a Apple reforça uma dinâmica de poder que mantém os artistas em desvantagem. umas das artistas, Ayodele Nzinga argumenta:

“Eles acham que a plataforma é suficiente. Claro, temos que pagar aluguer como qualquer pessoa.”

Como bem lembrado pelo MacMagazine, a Apple recentemente viu-se forçada a recompensar os artistas do seu primeiro concurso oficial de fotografias após as críticas de não haver pagamento previsto para os vencedores.

Esperamos que, da mesma forma, neste caso, a empresa reconheça os esforços dos artistas do Today at Apple com o devido valor e reconhecimento.

3 Shares: