Utilizador diagnosticado com taquicardia tem vida salva por Apple Watch

O AppleInsider noticiou que o apresentador do programa de rádio Science Friday, Ira Flatow, revelou no Twitter, que o seu irmão foi “salvo pelo seu Apple Watch”, alertando-o para uma frequência cardíaca acima de 200 bpm, levando o irmão a fazer uma viagem ao hospital.

Os médicos emitiram um diagnóstico de taquicardia, uma condição em que a frequência cardíaca excede a taxa normal de repouso, que para a maioria dos adultos deve ser inferior a 100 batimentos por minuto.

Flatow também postou um comentário do irmão sobre a precisão do Apple Watch, observando que “durante as 15 horas em que eu estava no hospital ligado aos monitores, os meus monitores nunca discordaram da leitura do meu relógio. Eu verifiquei muitas vezes”.

Desde que a função de eletrocardiograma do Apple Watch Series 4 foi ativa nos Estados Unidos e a notificação de ritmo cardíaco irregular para todos os demais modelos, apareceram diversos testemunhos do quanto o relógio da Apple ajudou a salvar vidas.

Só para relembrar, um homem de New Hampshire creditou a função de ECG do Apple Watch Series 4 por detectar a fibrilhação auricular. Em fevereiro, um nativo da Carolina do Norte foi diagnosticado com taquicardia supraventricular após uma notificação similar do Apple Watch, enquanto outro em Washington descobriu que sua fibrilhação auricular havia retornado através do aparelho.

5 Shares: